Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (2022)

A procura pelo peso argentino disparou nas últimas semanas. A moeda argentina desvalorizou substancialmente, devido à atual crise econômica do país, com valor mínimo chegando a 300 pesos por dólar. Nesta terça-feira (26/7), o real brasileiro equivale a 24,38 pesos argentinos.

Diante desse cenário, a Coluna Claudia Meireles enxerga a oportunidade de conhecer ou revisitar o destino paradisíaco na América do Sul a uma distância “tranquila” do Brasil. De São Paulo para Buenos Aires (capital do país), são apenas 2h e 55 minutos de voo.

Mais sobre o assunto
  • Economia

    Inflação anual da Argentina chega a 64% em junho, a maior em 30 anos
  • Claudia Meireles

    Veja os destinos favoritos da rainha e de William e Kate para viajar

E aqui estão alguns motivos para embarcar rumo ao ponto turístico: das vilas às cidades cosmopolitas, das montanhas dos Andes às geleiras, o recanto na América do Sul atrai curiosos do mundo todo com sua combinação de arte, música, cultura, gastronomia e natureza.

Confira, a seguir, os 10 lugares mais bonitos para descobrir na Argentina, segundo o Travel Away:

1 – Aconcágua

Essa montanha na Argentina é a mais alta fora da Ásia, com mais de 6.900 metros de altitude. Também é o ponto mais alto, por extensão, tanto no Hemisfério Ocidental quanto no Hemisfério Sul.

Entre o centro da Argentina e o Chile, os extraordinários picos e encostas glaciais da Aconcágua podem ser vistos facilmente de Mendoza. Mas é possível que admiradores explorem a base da montanha e seus arredores no Parque Provincial Aconcágua, que oferece caminhadas, esqui e escalada. Ah: a montanha é fácil de escalar! Basta ter o mínimo de condicionamento físico.

Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (3)
2 – Ushuaia

Conhecida como a cidade mais austral do mundo — ou a cidade do Fim do Mundo —, Ushuaia está situada no extremo sul da América do Sul. Cercada pela cordilheira Martial e pelo Estreito de Beagle, a região é a capital da província da Terra do Fogo.

Com a parte de trás da cidade dominada pelos picos nevados da cordilheira Martial, o refúgio hospeda charmosos edifícios multicoloridos, que abrigam museus, galerias, lojas, bares e restaurantes.

No entorno, dá para conhecer a história cultural da região, e até degustar as iguarias locais, como a Centolla, uma espécie de caranguejo gigante.

Leia: O Fim do Mundo está aí! Conheça Ushuaia (AR), a famosa Terra do Fogo

Aventuras ao ar livre também são possíveis nos arredores de Ushuaia, seja caminhar pelo Parque Nacional Tierra del Fuego, passear de barco pelo Canal de Beagle para ver as baleias e os pinípedes ou esquiar no Cerro Castor.

Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (4)
3 – Recoleta, Buenos Aires

Visitar cemitérios não parece uma programação interessante, à primeira vista. Mas existe um bairro bastante convidativo em Buenos Aires (capital da Argentina) que recebe o Cemitério La Recoleta, um dos mais arquitetônicos e atraentes do mundo.

Mansões imponentes e edifícios clássicos em estilo europeu compõem o cenário desse bairro nobre. Mas boutiques de moda, restaurantes, cafés e bares completam a experiência de um viajante.

Não deixe de conhecer o El Ateneo Grand Splendid, um teatro magnífico que virou a segunda livraria mais bonita do mundo, de acordo com o The Guardian.

Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (5)
4 – Parque Nacional Los Glaciares

Situado na região da Patagônia Argentina, esse é o segundo maior parque — e um dos mais famosos tesouros naturais do país —. Instituído pelo governo em 1937, o local foi batizado de Los Glaciares pois sua área abriga inúmeros glaciares.

Com montanhas e geleiras em um espaço acidentado, destacam-se na Patagônia a Geleira Perito Moreno, a montanha de Cerro Torre e o contorno inconfundível do Monte Fitz Roy. O maior lago de água doce da Argentina, o Lago Argentina, também banha a região, bem como dezenas de outras montanhas, lagos e geleiras incríveis.

Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (6)
5 – Salta

A cidade de Salta, na Argentina, é lembrada pela arquitetura colonial espanhola e pela herança andina. Sua paisagem encanta pelas montanhas coloridas e pelos desertos extensos, apesar de não estar regularmente no radar dos turistas.

Por lá, é possível encontrar algumas das arquiteturas históricas mais singulares do país, facilmente encontradas no centro da cidade, como a Catedral de Salta e a Igreja de São Francisco. Além dos museus espetaculares, Salta também hospeda o Morro de San Bernardo, cujo teleférico e parque no topo da colina proporcionam vistas imbatíveis da cidade.

Do lado de fora da cidade, há outros encantos, como os vinhedos perto da cidade vinícola de Cafayate, as Salinas Grandes e o vale da Quebrada de Humahuaca.

Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (7)
6 – Mendoza

Se você é um amante dos vinhos, certamente já ouviu falar de Mendoza. A cidade, fixada na região argentina de Cuyo, é famosa pela variedade de bodegas — e também pelos passeios e degustações.

Seus quilométricos vinhedos de primeira linha produzem malbecs e outros vinhos tintos aclamados pelo mundo todo. Mas a cidade em si também tem seu charme, com arquitetura clássica, amplos parques urbanos e avenidas repletas de lojas, cafés e restaurantes.

Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (8)
7 – Bariloche e a região dos lagos

Achou que esse destino ficaria de fora da lista? Nada disso. Bariloche merece integrar o ranking de lugares mais bonitos da Argentina. Localizada na região da Patagônia argentina, a cidade alemã é limitada pelo lago glacial Nahuel Huapi, junto à Cordilheira dos Andes.

A região dos lagos é como um pedaço da Suíça cheio de montanhas, florestas densas, lagos cristalinos e cidades cativantes.

Bariloche é o “acampamento base” para explorar o Parque Nacional Nahuel Huapi, spot ideal para caminhadas, esqui, passeios de barco e alpinismo. No entanto, o centro urbano não deixa a desejar. Com sua arquitetura alpina de inspiração suíça, a cidade atrai pela cena gastronômica elogiadíssima e pelos chocolates locais.

Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (9)
8 – Cataratas do Iguaçu

Situadas dentro do Parque Nacional do Iguaçu, na fronteira entre Brasil e Argentina (nas cidades de Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú), as Cataratas do Iguaçu recebem anualmente mais de 1 milhão de turistas.

Conhecida pela beleza única, a atração (constituída por 275 cascatas individuais) é, simplesmente, a maior cachoeira do mundo, estendendo-se por mais de quatro quilômetros ao longo de um penhasco em forma de ferradura.

As cataratas são criadas pelo rio Iguaçu, que durante a estação chuvosa pode derramar mais de 12 milhões de litros de água sobre as falésias. O nome vem da língua nativa guarani, e significa “água grande”.

Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (10)
9 – Península Valdés

Um pedacinho exuberante da Patagônia argentina, a Península Valdés é um verdadeiro espetáculo, declarado como Patrimônio da Humanidade em 1999 pela Unesco, sendo uma importante área de proteção da fauna aquática.

Marcado pela água azul-turquesa, o lugar permite a visualização de baleias e orcas, como também leões marinhos, pinguins e muitas outras espécies. No interior, encontram-se planícies extensas, algumas das quais atualmente são usadas como fazendas de ovelhas.

Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (11)
10 – Esteros del Iberá

Por fim, mas não menos importante, essa zona úmida da Argentina, os Esteros del Iberá (conhecidos como o “pantanal da Argentina”), merecem a visita.O recanto nada mais é do que uma mistura de pântanos, lagos, lamaçais e cursos d’água do centro e centro-norte do país, na província de Corrientes.

Trata-se de uma área de preservação com 13 milhões de hectares, casa de muitos animais selvagens e plantas (cerca de 4 mil espécies, incluindo lontras neotropicais, capivaras, lobos-guará e jacarés), considerada a terceira maior reserva de água do mundo.

Fora da rota convencional de passeios, a região proporciona vistas panorâmicas “de tirar o fôlego” de extensos pântanos e ilhas arborizadas.

Argentina: com a queda do peso, veja os 10 locais mais bonitos do país | Metrópoles (12)

Para saber mais, siga operfil da coluna no Instagram.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Top Articles

Latest Posts

Article information

Author: Fr. Dewey Fisher

Last Updated: 01/25/2023

Views: 6033

Rating: 4.1 / 5 (42 voted)

Reviews: 81% of readers found this page helpful

Author information

Name: Fr. Dewey Fisher

Birthday: 1993-03-26

Address: 917 Hyun Views, Rogahnmouth, KY 91013-8827

Phone: +5938540192553

Job: Administration Developer

Hobby: Embroidery, Horseback riding, Juggling, Urban exploration, Skiing, Cycling, Handball

Introduction: My name is Fr. Dewey Fisher, I am a powerful, open, faithful, combative, spotless, faithful, fair person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.